O compositor, cantor e guitarrista brasileiro Roney Giah conquistou Menção Honrosa do Billboard World Song Contest com a composição Time is so Still , que integrará o quarto CD do músico “Queimando a moleira”. A premiação internacional – criada pela prestigiada revista norte-americana Billboard – é a segunda da carreira de Giah. Em 2008, o brasileiro recebeu Menção Honrosa, na categoria World, do The John Lennon Songwriting Contest, com a música “Amar com E”, que integra seu CD Mais dias na Terra.

São Paulo, 20 de julho de 2009 – A composição, Time is so Still que integrará o CD “Queimando a moleira”, rendeu ao músico brasileiro Roney Giah uma importante distinção internacional: a Menção Honrosa do Billboard World Song Contest, premiação criada pela revista norte-americana Billboard, considerada a “Bíblia” da música. Fundada em 1894, a publicação semanal veicula rankings de composições e álbuns subdivididos em categorias e estilos. Um dos mais famosos é o Billboard Hot 100, que destaca os singles mais vendidos e tocados em rádios – ranking que se tornou referência mundial para medir a popularidade de artistas. Além disso, uma das premiações fonográficas mais importantes do mundo leva a assinatura da revista, o Billboard Music Awards.

Roney Giah, com o incentivo da Lei Mendonça, está finalizando o quarto CD “Queimando a moleira”. Segundo o músico, Time is so Still foi masterizada e enviada à Billboard antes do lançamento nacional do CD, que está previsto para 2010. “É muito gratificante receber um prêmio dessa importância por uma canção que mal saiu do berço. Espero que ela voe ainda mais”, comemora o artista, que pela segunda vez conquista uma premiação internacional.

Em 2008, Roney Giah foi o único músico brasileiro a receber Menção Honrosa do The John Lennon Songwriting Contest – que tem a curadoria de Yoko Ono e júri formado pelos músicos Carlos Santana, Wyclef Jean, Fergie (Black Eyed Peas), John Legend, Al Jareau, Bob Weir (Grateful Dead), Lamont Dozier e Natasha Bedingfield – na categoria World, pela música Amar com E, que integra o CD Mais dias na Terra. Ainda em 2008, o músico foi convidado a participar da trilha sonora do filme norte-americano No pain, no gain e assinou um contrato com a gravadora inglesa ASTRANOVA Records para o lançamento da coletânea Yesterday´s tomorrow. Para a divulgação, a gravadora produziu podcasts shows disponibilizados em 107 países. Yesterday’s tomorrow, que é comercializado pelo I Tunes, reúne sete faixas do cd Semente (1998), seis faixas do cd Mais dias na Terra (2006) e uma faixa bônus produzida com exclusividade para a ASTRANOVA.