O premiado diretor Flavio Rassekh assina a direção do primeiro videoclipe do compositor, cantor e guitarrista Roney Giah. Com captação realizada inteiramente com uma câmera de celular, o clipe “Lembra?” intriga os espectadores com efeitos inéditos, desenvolvidos com exclusividade para o filme. Além de finalizar o clipe de Giah, o diretor-associado da Guaraná Filmes está produzindo e dirigindo um documentário sobre a viagem de jornalistas brasileiras ao Irã.

São Paulo, …. de outubro de 2008 – O primeiro videoclipe do compositor, cantor e guitarrista Roney Giah conta com a assinatura do premiado diretor Flavio Rassekh. O clipe “Lembra?”, música do álbum “Mais dias na Terra”, está em fase de finalização e foi inteiramente captado com uma câmera de celular. O diferencial está nos efeitos inéditos criados por Rassekh com exclusividade para o filme. Diretor-associado da Guaraná Filmes, Flavio Rassekh divide seu tempo entre a direção de filmes publicitários e o cinema. Atualmente, o diretor-cineasta está produzindo e dirigindo um documentário sobre a viagem de 3 jornalistas brasileiras ao Irã. No seu trabalho ligado à música, Rassekh destaca a direção do videoclipe “Conforto dos seus braços”, da cantora maranhense Rita Ribeiro – indicado a diversos prêmios no Brasil e no exterior –, que foi o primeiro clipe de MPB veiculado nas salas de cinema de São Paulo e na programação da MTV.

Formado em Direção de Cinema e TV pela Universidade da California (UCLA), Flavio Rassekh tem atuado em projetos voltados ao desenvolvimento de conteúdo, associando a tecnologia à verve artística. O diretor – um “andarilho profissional” que já viajou para mais de 30 países, incluindo Albânia, Romênia, Hungria, Turquia, Israel, Alemanha, Itália, Inglaterra, Bulgária, Grécia, Canadá e México – trabalhou durante dois anos nos Estados Unidos. Premiado pelo filme “Brasil com Arte”, da Caixa Econômica Federal, e reconhecido pelo trabalho inovador no documentário “DNA Brasil”, Flavio Rassekh está preparando o documentário “Arquitetura da Unidade”, escrito em parceria com o jornalista Vicente Adorno para o lançamento no Chile, África do Sul e Alemanha.